Recomeço, sempre

desejos de bons sentimentos para um novo ano todos fazem
todos os anos, os desejos quase sempre são os mesmos
mas eu desejo não só coisas boas, mas sim que as ruins fiquem para trás
pois começar um ano bem, muitas vezes, requer uma nova postura
e o abandono daquilo que é difícil por ser cômodo é o essencial para recomeçarmos
o não enfrentar a dificuldade de cara
pensando que é sempre mais fácil não fazer nada, ou pior, descontar no próximo

a gente esquece fácil que o amor podia ser a resposta pra tudo
e junto com ele vem o respeito
aí fica difícil…

deixemos a mesquinhez, o recalque, a falta de amor próprio
vamos cuidar mais de nossas vidas e ver menos defeitos aonde pode existir muitas virtudes
é claro que devemos parar de tapar o sol com a peneira e não sorrir para tudo assim, pois o mundo está cada vez mais difícil e a realidade é bem dura
os problemas mundiais entristecem, enfraquecem, dão medo
mas eu continuo acreditando que para levar melhor isso tudo é a gente quem muda primeiro

sim, ainda sou idealista
não, não sou mais tão sonhadora
mas meu mundo é justo, não falto o respeito com os outros
e posso ser radical quando digo que menos que isso não me serve
por isso penso que a mudança é por dentro,  e que eu vi muitas vezes neste ano que está acabando a gente se preocupar com o umbigo do outro
quando tudo pode ser bem melhor no momento que pensarmos e agirmos com menos egoísmo, vaidade e raiva

tive como uma grande lição o auto-controle
o pensamento positivo
confiar primeiro em mim mesma
e que no meu mundo belo mas com os pés no chão
sou eu quem faço acontecer, da maneira que me faz feliz

por isso de nada adianta querermos tapar a felicidade
com o bando de coisas ruins que tentam ir contra ela
somos seres humanos e isso acontece com freqüência pra todo mundo
dar importância pro menor, aí é outra história
mas deixa o mais alto, bonito e feliz crescer
é isso que vai nos levar pra frente

minhas palavras aqui não foram as mais bonitinhas, e tem coisas que é difícil de se falar mesmo
mas se estamos na chuva é para se molhar, portanto…

FELIZ 2009 de muita paz e, mais uma vez, a oportunidade de um recomeço!

“Não alimentem os dragões”

pensar para

Maitena disse:

Indiscrição: aquele ponto entre a idiotice e a maldade.

desassossego

o desassossego, como a saudade, também sempre morou em mim
muitas vezes o desassossego é a saudade de não se sabe o quê

ele cutuca dentro do peito
às vezes a porrada é forte
parece que quer dizer algo
mas não fala

só empurra
manda ir
não se sabe pra onde
é inquietude pura
é falta, é espera e busca
agonia

é conexão com o movimento
é cabeça pensando rápido
é o peito pulando
o não saber do amanhã e o prazer e medo que isso provoca

eu provoco alvoroço comigo mesma
e depois da falta de sossego
percorrendo sei lá qual caminho
descubro um gozo